domingo, 1 de fevereiro de 2009

Chegamos!!!

Finalmente consegui tempo para poder escrever um pouco sobre toda a nossa epopéia, da viagem do Brasil para a Austrália.
Tem muita coisa para contar e ainda temos muito mais para descobrir. Vou tentar resumir as coisas que julgamos mais interessantes.

A Viagem
Nossa viagem começou no dia 26 de janeiro de 2009, quando saímos de Montenegro as 09:00.
Chegamos no aeroporto em Porto Alegre, fizemos o checkin e ficamos aguardando nosso voo TAM, que só sairia as 13:00.
Foi muito legal ver os amigos que foram até para se despedirem de nós.


O aviao partiu de Porto Alegre para São Paulo as 13:00. Depois de São Paulo fomos pela Lan CHile para Santiago, e em seguida para Auckland na Nova Zelândia. A estas alturas já era noite e fomos dormindo (ou tentando) na maior parte do tempo.
Chegamos na NZ pela manhã, no horário deles, e tivemos que aguardar quase 3 horas pois houve atraso com a tripulação que faria o voo para Sydney.
Ao sairmos de Auckland o "motorista" do avião deu um gás e conseguiu tirar um pouco do atraso até Sydney.
Quando chegamos em Sydney foi muito legal, pois estávamos pela primeira vez em solo australiano.
Pegamos as malas e fomos para a alfândega, já dispostos a ter que abrir as 5 malas mais 3 caixas com todas as nossas tralhas. Por sorte o senhor que fez acompanhou a checagem de nossa bagagem só fez algumas perguntas sobre o que estávamos levando e nos liberou em seguida.
Fomos então para a última etapa da viagem: pegar um voo Qantas até Perth, nosso destino final.

Chegamos em Perth, por volta de 13:00, no horário local, pegamos uma van até o hotel. Fizemos o checkin no hotel e fomos para o quarto. Largamos as malas de qualquer jeito e fomos todos tomar um merecido e refrescante banho.

A viagem levou no total, entre sair de casa até chegar ao hotel, em torno de 40 horas corridas.

A estas alturas já eram 17:00 do dia 28/01/09 aqui em Perth.
Resolvemos ir até um shopping do outro lado da rua do hotel, pois ainda era cedo e tinha sol alto. Mas apesar de acharmos que era cedo nosso corpo não estava convencido disto. Voltamos para o hotel e fomos dormir por volta de 18:00. No outro dia acordamos antes das 05:00.
Nos dias seguintes já fomos tentando acertar o relógio biológico pelo horário local, mas ainda não estamos 100% acostumados. Acho que ainda vai levar alguns dias até normalizar.

Perth - A cidade
Nestes primeiros dias estamos gostando muito da cidade. É um pouco de tudo aquilo que tínhamos lido a respeito. Espero que esta impressão continue depois que nos acostumarmos aqui.
As ruas são limpas, o trânsito é intenso mas muito organizado, as ruas são largas e bem sinalizadas, o povo é bem educado e cordial.

O hotel em que estamos fica próximo ao centro. Dá para ir a pé ou pegar um "CAT", que são ônibus gratuitos que circulam pelo centro da cidade. São tres linhas diferentes e nas paradas existem indicadores de quanto tempo falta para vir o próximo ônibus, além de um botão que 'fala' o tempo para deficientes visuais.

Meu primeiro 'furo' foi quando entramos no ônibus e eu disse para a Carla: "Olha só o motorista é uma mulher". Em seguida me dei conta de que era uma passageira e o motorista estava do outro lado, dirigindo no lado direito do ônibus.

Aliás é estranho ver o trânsito ao contrário, mas depois eu falo mais disto.

As sinaleiras de pedestres estão em todas as esquinas e (surpresa) elas funcionam e os pedestres respeitam.

O centro da cidade parece um grande shopping a céu aberto. Tem muitas lojas e galerias onde se encontra de tudo (até sandálias havaianas...).

Pode-se ver gente de tudo quanto é lugar e muitas vezes em um ônibus se ouvem conversas em diversos idiomas diferentes.

Com relação ao inglês, tem algumas pessoas que é tranquilo de se comunicar, mas outras quando falam muito rápido ou enrolado aí fica mais difícil.

No geral estamos gostando do que encontramos aqui até agora, mas ainda temos muita coisa para providenciar, como casa, escolas, carro, móveis, etc.

Um comentário:

Tuti disse...

primossssssss!!!! Se acostumar a fuso diferente é dificill.Levei semanas!!! Agora é muiiiito legal essas primeiras sensações de ver tudo diferente, outro contexto, outra cultura!!! A DO RO saber quanto tempo o onibus ou o metro vai demorar para chegar na estaçao que eu estou e melhor quanto tempo ele levará para chegar aonde eu quero... outro mundo né? rrsss